BREAKING

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Resenha cinéfila - Resident 5 - Retribuição

Chegamos hoje à quinta edição das resenhas da série Resident Evil. Venha curtir os nossos comentários.
Pegue a Pipoca, e vamos nessa...
 


Resident Evil 5 - Retribuição
Países - Reino Unido,  Alemanha,  França
Ano - 2012
Duração - 96 min 
Direção - Paul W. S. Anderson
Produção - Paul W. S. Anderson, Jeremy Bolt, Don Carmody, Samuel Hadida, Robert Kulzer
Roteiro - Paul W. S. Anderson
Baseado em Resident Evil, da Capcom
Gênero - Ação, Ficção científica, Terror
Música - Tomandandy
Cinematografia - Glen MacPherson
Edição - Niven Howie
Companhias produtoras - Constantin Film, Impact Pictures, Distribuição Screen Gems
Lançamento - Estados Unidos 14 de setembro de 2012
Idioma - Inglês
Orçamento - US$ 65 milhões
Receita - US$ 240.159.255

Milla Jovovich como Alice
Michelle Rodriguez como Rain Ocampo
Kevin Durand como Barry Burton
Sienna Guillory como Jill Valentine
Shawn Roberts como Albert Wesker
Aryana Engineer como Becky
Colin Salmon como James "One" Shade
Johann Urb como Leon S. Kennedy
Boris Kodjoe como Luther West
Li Bingbing como Ada Wong
Oded Fehr como Carlos Oliveira
Mika Nakashima como J-Pop Girl

Após uma luta em que todos os sobreviventes foram mortos, Alice (Milla Jovovich) é capturada pela Umbrella e descobre que a empresa anda implantando memórias em clones seus e de seus amigos para experiências virais, e que todos os dias morrem muitos clones por causa dos testes biológicos. Ela decide combater essa barbaridade e impedir que a raça humana entre em extinção. Mas para sair com vida do local, terá que passar pela chefe de segurança Jill Valentine (Sienna Guillory), que passou por uma lavagem cerebral e que agora trabalha para a Umbrella, e a clone de Rain Ocampo (Michelle Rodriguez), morta no primeiro filme da franquia e cujos clones andam sendo fabricados para experiências, e um destes clones também trabalha para a Umbrella e é uma forte e poderosa inimiga para Alice. Agora cabe a ela lutar pela sobrevivência.

Eis que finalmente chegamos ao penúltimo capítulo da pavorosa saga, novamente com o fabuloso Paul Anderson nos roteiros e direção. Será que depois de uma década acompanhando a saga da Alice e sua equipe contra a malvada Umbrella, haveriam novidades ou surpresas nessa quinta aventura?

Pode-se dizer que houvem surpresas sim,como o retorno de alguns personagens do primeiro filme, como a Rain Ocampo, vivida pela Michele Rodriguez e James "Owan"Shade, (que no primeiro filme morreu fatiado numa armadilha laser, como ele retorna uma década depois,só o Paul mesmo explica). O diretor/roteirista decidiu resgatar alguns dos personagens que se destacaram (ou não) ao longo da série, como a Jill Valentine mais uma vez e o Carlos Oliveira,que surgiu no segundo e terceiro capítulos. Alguns novos personagens também são incluídos.

Novamente produzido através de 3D, o recurso até disfarça a mediocridade do roteiro,que pra variar é recheado de ação, efeitos e explosões que realçam o tridimensional. Na verdade, depois de tudo o que já foi dito dos filmes anteriores,nem se tem mais o que criticar nessa franquia, que como dito,não evoluiu em uma década. Os produtores e o Paul se apegaram a uma fórmula que rendeu dinheiro e pronto. Desafiando a inteligência e o bom senso do espectador,eles continuaram fieis a essa fórmula. Ele investe numa história que se aproxima um pouco mais do jogo, e a sensação é justamente acompanhar o game com todos os seus excessos.


​Tem um único detalhe digno de nota:o Paul é na vida real casado com a Milla, e ele parece fazer questão de se orgulhar disso, já que a apresenta em todo o seu esplendor,como exibindo para o mortal comum um troféu que ele jamais conseguirá conquistar. Talvez por esse motivo, todos os demais personagens são colocados em segundo ou terceiro plano. A estrela maior a brilhar é a Milla.


o 5º filme foi mais caro,gastaram 65 milhões nele,e a arrecadação foi um pouco mais de 240 milhões, (50 a menos que o anterior,até o momento,o mais lucrativo dessa série.)






Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT