BREAKING

terça-feira, 29 de março de 2016

Especial DC Comics - The Superman - Actors


Nesta postagem, concluímos as informações e curiosidades sobre este magnifico personagem apresentando um especial com os principais interpretes. Esperamos que os nossos amigos tenham apreciado e percebido a riqueza que ronda em torno dele.


 Kirk Alyn

Nascido em Nova Jérsei, nos Estados Unidos, Alyn foi o primeiro ator a dar vida ao Super-Homem,no seriado Superman, exibido nas matinês de cinema, no ano de 1948, e em seguida Atom Man vs Superman, de 1950. Alyn apresentou um retrato diferente de Clark Kent, adicionando o elemento do disfarce.

O voo do personagem foi efetuado com Alyn saltando, no ponto em que ele se transformava em um personagem animado por meio de rotoscopia e voava. O ator figura como o mais velho a dar vida ao herói, ele tinha 37 anos quando foi escolhido para o papel.

Após interpretar Super-Homem novamente, ele sofreu problemas para novas atuações. Além de estrelar em alguns seriados, conseguiu alguns papéis em séries de TV e filmes, alguns até mesmo não creditados, até se aposentar. 



Quando o Superman foi adaptado para a televisão, em 1951, Alyn declaradamente foi convidado, mas recusou. Em 1971, ele publicou uma autobiografia intitulada A Job for Superman.Alyn teve um pequeno papel, ao lado da co-estrela do seriado, Noel Neill, como os pais da jovem Lois Lane, no clásico filme do herói, lançado em 1978. Seria seu último vínculo com o personagem.

Em uma breve entrevista no set, ele explicou seu método de retratar o Super-homem e Clark Kent, contido em um documentário narrado por Ernie Anderson, The Making of Superman: The Movie (1978). Embora Alyn sempre tenha culpado o seu sucesso como Superman como o fator que sufocou a sua carreira de ator, beneficiado por uma onda de nostalgia para o super-herói na década de 70, na demanda do circuito de convenções de quadrinhos, declarou:

"Interpretar o Super-homem arruinou a minha carreira de ator e fui amargo por muitos anos sobre a coisa toda. Mas agora, ele disse em 1972, está finalmente começando a pagar". Alyn morreu em 14 de março de 1999, em The Woodlands, Texas, aos 88 anos.



Christopher Reeve


Nascido em Nova Iorque,Estados Unidos, Chris Reeve é até hoje uma unanimidade entre os fãs do Super-Homem, foi o melhor e mais perfeito intérprete do Super-Herói em todas as suas passagens, seja na tv ou no cinema. Mesmo com a concorrência de atores que passaram muito mais tempo na pele do homem de aço, como o George Reeves, da série As Aventuras do Super-Homem, que durou 8 anos, o Dean Cain, com Lois e Clark, que durou 4 anos e do Tom Welling, que deu vida ao herói por 10 anos,no seriado Samllville.

Sua carreira como ator iniciou-se na década de 70. Ilustre desconhecido ator de teatro, Reeve tinha 25 anos,quando foi convidado para auxiliar nos testes de cena das atrizes selecionadas pro papel de Lois Lane, na megaprodução Superman - O Filme. Sua performance nos testes, chamou a atenção da produtora Laura Shuler, que futuramente se casaria com o diretor do filme, o Richard Donner.


Richard estava firme na ideia de colocar um ator desconhecido pro papel do herói, ignorando os desejos dos produtores em contratar um nome famoso da época. A Laura foi quem o convenceu a dar o papel ao Reeve. 

Quem imaginaria que aquela oportunidade o faria famoso e conhecido para o resto de sua vida? Bastante magro na época, ele teve que passar por um enorme condicionamento físico pra adquirir o porte necessário pra interpretar o herói. Muitas das cenas que foram filmadas com ele no início do filme, tiveram depois que ser refeitas, dada a evolução do seu corpo.

Reeve se notabilizaria pela forma como separou e deu vida às duas personalidades do herói. Seu Clark Kent era atrapalhado, tímido, abobalhado, andava com o corpo curvado e era meio fanho. Ao assumir a identidade de Super-Homem, ele se transformava por completo, mudava o porte do corpo, a entonação da voz, era mais confiante e seguro. Nenhum dos demais intérpretes conseguiria ser tão perfeito e convincente quanto o Chris.


O sucesso absoluto de seus primeiros filmes o catapultou ao estrelato absoluto. Reeve era tão onipresente, que, mesmo quando a coisa não dava certo, como aconteceu no terceiro filme, sua performance era a única que permanecia inabalável, ele continuava angariando boas críticas.

Com o fracasso do Superman 3, Reeve optou em não mais voltar a dar vida ao herói. Essa determinação o salvou de participar do infame Supergirl, de 1985. O produtor Ilya Salkind o convidara pra estrelar o filmeco com a prima do Super-Homem,mas ele recusou. Porém, no ano seguinte, Reeve caiu na conversa dos produtores Menahen Golan e Yoram Globus,chefoes dos estúdios Cannon Group.

Dispostos a bancar o 4º filme do Super, eles convenceram o Chris a retornar, prometendo a ele a direção da obra e uma produção digna dos primeiros filmes. Reeve aceitou retornar,infelizmente pra padecer na pior produção da história do  Super-Homem nos cinemas,(embora o terceiro filme também brigue feio por esse reconhecimento inglório). Seria a sua triste despedida com o personagem que lhe rendera fama e fortuna.

Reeve conheceu então o reverso da fama. Ele ficou tão mitificado com o Super-Homem, que não conseguia mais papéis em filmes importantes, sua carreira ficou limitada a participações em produções medíocres para tv. Ele só voltou a ficar em evidência,infelizmente por outro motivo. Em 27 de maio de 1995, um acidente (queda de um cavalo) o tornou tetraplégico devido a fratura nas suas duas primeiras vértebras cervicais, o que acabou por lesionar a sua medula espinhal. Um ano depois, foi aclamado em pé na cerimônia do Oscar. 

A partir daí passou a lutar por pesquisas com células-tronco e criou a Christopher Reeve Paralysis Foundation, visando a melhorar a condição de vida de pessoas como ele, vítimas de algum tipo de paralisia. Curiosamente, seu último vínculo com o homem de aço ocorreu em 2002, quando participou de alguns episódios da segunda temporada de Smallville, interpretando o Dr. Swann, ao lado do protagonista da série,Tom Welling.

O episódio em que o maior Super-Homem de todos os tempos se encontrava com o mais novo intérprete,é até hoje considerado um dos maiores momentos da história da série. Reeve morreu em outubro de 2004, aos 52 anos.


 Brandon Routh

Nascido em Des Moine, Estados Unidos, Brando Routh aceitou o desafio de regressar com o Super-Homem aos cinemas, após uma ausência de 2 décadas. Ao contrário do seu maior intérprete, ele já tinha uma certa experiência em trabalhar com as câmeras. Sua primeira atuação profissional veio na série da tv ABC, "Odd Man Out". 


Logo depois apareceu como convidado das séries Cold Case, da CBS, Will & Grace, da NBC, Gilmore Girls, e "Undressed", da MTV. Routh também teve uma aparição especial no clipe de What a Girl Wants da cantora Christina Aguilera. Routh também é conhecido pelo público de sua terra natal pelo papel na novela "One Life for Live", onde vivia Seth Anderson.

Ironicamente, Routh foi contratado para trabalhar no desenho The Batman (O Batman) (de 2004), e seu papel é o do vilão Anywhere Man, criado exclusivamente para a animação, sendo um dos maiores inimigos do Batman na trama.

Apesar desse currículo, era não era exatamente um dos rostos mais conhecidos do planeta, até o instante em que o diretor Bryan Singer o escalou para o papel principal em Superman-O Retorno. Bryan se impressionou também pelo fato do ator ter uma certa semelhança física com o Chris Reeve.

Resultado de imagem para superman brandonAos 26 anos, Brandon era um grande fã dos filmes estrelado pelo lendário ator, e conta que um de seus maiores objetivos era um dia poder interpretar o herói nos cinemas. Sua escolha foi um tanto rejeitada pelos fãs do personagem, e com o fiasco do roteiro e a fraca repercussão do Superman-O Retorno, sobrou pra ele. Os fãs alegavam que seu mal foi querer não interpretar a sua versão do Super-Homem, mas sim querer imitar o Reeve, em todos os seus trejeitos. A falta de carisma também foi outro ponto negativo para o ator, além da idade, considerado jovem demais para o papel.

Os efeitos de animação também não ajudaram em nada, alguns eram tão constrastantes, que o ator recebeu o apelido maldoso de "boneco de massa." Entretanto, os críticos aprovaram sua performance como novo Super-Homem.


Mas a bilheteria abaixo do que os produtores esperavam e as ideias de reciclar a série do herói ganhando força,as possibilidades de Brandon voltar a interpretar mais uma vez o homem de aço foram minguando. Enfim, decidiu-se dispensar Bryan Singer e sua equipe, colocando um ponto final nessa posibilidade.

O ator até o momento,parece ser mais um atingido pela "maldição do Super-Homem". Reza a lenda que, todos os que dão vida ao herói, seja no cinema ou na tv, ficam fadados ao esquecimento. Routh não fez nada de relevante após sua passagem pela franquia,sua carreira esta estacionada.


Até então, estes atores deram vida ao personagem...


Henry Cavill

Nascido na Inglaterra, Cavill tornou-se o ator dos "quase". Cavill fez uma audição para o papel principal para o novo filme de Batman Begins, mas perdeu para Christian Bale. Em 2005, ele tornou-se um jovem concorrente para o papel de James Bond. Os produtores e o diretor tiveram de escolher entre Cavill, Daniel Craig e Sam Worthington. 

Aparentemente, o diretor favoreceu Henry Cavill com uma versão mais nova de James Bond. No entanto, os produtores acreditavam que Cavill era muito jovem para o papel, que depois passou para Daniel Craig. 


Ele também fez uma audição para o papel de Superman para o novo filme de Superman Returns. Devido ao fato de não ter sido aprovado para estes papéis, na edição de Dezembro de 2005 do Empire Magazine, ele foi apelidado de "… o homem mais desafortunado em Hollywood". Coms esses infortúnios de ser ignorado paras grandes produções, Henry focou sua carreira na tv, onde conquistou relativo sucesso.

Aos poucos foi ganhando espaço em algumas produções medianas de Hollywood, até ser escolhido pelo diretor Zack Snyder para dar vida ao herói em O Homem de Aço. Finalmente a chance de estrelar uma super-produção e dar vida a um personagem icônico chegou. Mas isso será bom ou ruim para sua carreira? 

Cavill absorveu as ideias propostas para o reinicio da franquia e deu vida um Super-Homem muito mais sisudo, em busca de respostas para o que ele é e qual o seu papel para a humanidade. Com uma forte presença em cena, ele fez o último intérprete do personagem, o Brandon Routh se tornar ainda mais sem graça, comparado ao mesmo.


Longe de possuir o mesmo carisma do eterno Chris Reeve, sua performance dividiu a opinião de críticos e fãs, mas o ator parece ter emplacado no personagem, tanto que está presente no elenco de  Batman vs Superman: Down of Justice.

Também está cotado para o futuro filme da Liga da Justiça.

O que o futuro reserva para dia em que pendurar a capa, só o tempo dirá.

Bom amigos,

Esperamos que tenham gostado da nossa visão sobre este riquíssimo personagem.

Um grande abraço,

Heleno Jr.






Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT