BREAKING

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Tipos de coleira

Boa noite meus queridos!!! 

Ahhhhh a coleira.....

Dando continuidade a semana que dedicamos à coleira vamos retomar a tão sonhada coleira.... bem muito se fala sobre ela mas vocês sabem os tipos e seus respectivos significados?? Então senta que lá vem textão e por sinal bem interessante para os curiosos e iniciantes! !!! 
Créditos ao blog "Dilemas de um Dom iniciante" de onde foi retirado o texto.

"A coleira não é apenas uma coleira, não é apenas um colar dado a qualquer bottom, ela é um símbolo. É o símbolo do pertencimento, da submissão, da devoção, do carinho, respeito e posse do bottom.

Coleira não é algo que deva ser dado com leviandade, é para ser levada a sério e respeitada por Tops, bottoms e todos os demais.No universo BDSM existem diversos tipos de coleiras e, dependendo do tipo pode ser usada o tempo todo, só sendo retirada ao final da relação, ou pode ser usada apenas em momentos pré-determinados.

Vamos falar um pouco delas.

Existem, basicamente, duas modalidades de coleiras, as coleiras propriamente ditas, que são usadas em sessões, cenas, festas e eventos BDSM. Podem se assemelhar, no estilo, a coleiras de animais (cachorro, gato, etc.), mas terão a aparência e o modelo que o Top determinar, e são subdivididas em diversas categorias diferentes citadas abaixo. A outra é a coleira social, que tem uma aparência semelhante a uma gargantilha e serve para que o bottom a use a todo instante (trabalho, casa, mercado, praça...) sem que os baunilhas notem se tratar de uma coleira. Na minha humilde opinião é de bom tom que no momento da escolha da coleira social o Top tenha o bottom que a receberá em mente para que a coleira não seja totalmente destoante do estilo da pessoa.

No BDSM existem diversos tipos de coleira tais como:

- Coleira de proteção
A coleira de proteção representa que aquele bottom está sob a proteção de um Top e que os outros não devem se aproximar sem o consentimento do protetor. São mais usualmente usadas em plays e locais fetichistas. Geralmente o protetor é um Top de confiança do bottom e tem o objetivo de dar segurança a este nesses locais.

- Coleira de consideração
É a primeira coleira usada por um submisso a caminho de um relacionamento. Serve para mostrar aos outros Tops que aquele bottom está em negociação com alguém, ou seja, ele está sendo considerado para uma possível relação. Geralmente é usada por um período de tempo definido e, ao final deste prazo, podem ocorrer três situações: (1) O prazo pode ser estendido por decisão de ambos (Top e bottom); (2) Ambos passam para o próximo estágio; (3) A coleira é devolvida e cada um segue seu caminho em busca de outros parceiros com quem se adaptem melhor.
Tradicionalmente a coleira de consideração é feita em couro e tem a cor azul (o tom da cor não influencia ficando assim a critério do Top). É uma coleira simples, sem ornamentos, travas, adornos ou cadeado.

- Coleira de treinamento
A coleira de treinamento, como o nome sugere, indica que o bottom está sendo treinado pelo Top. É a segunda coleira usada pelo bottom durante o estabelecimento de um relacionamento formal. A partir deste ponto, as ações do bottom refletem as ações do Top.
Este tipo de coleira também pode ser usado por um botom que esteja em uma relação com um tipo de Top denominado Treinador, com quem não haverá uma relação formal, mas apenas o aprendizado de técnicas e comportamentos específicos, requisitados pelo próprio bottom ou pelo Top a quem o bottom pertence.
A coleira de treinamento tradicional é feita também em couro podendo esta ser preta ou vermelha.

- Coleira de propriedade
Esta coleira é o potinho de ouro dos bottoms (risos). É a teceira coleira que um bottom pode receber. Significa que este bottom pertence a um Top. É a representação do compromisso e do relacionamento. Existem cerimônias dentro da liturgia que são realizadas na entrega da coleira de propriedade, como por exemplo a Cerimônia de Encoleiramento e Cerimônia das Rosas.
Dentre as coleiras de posse existem as coleiras exclusivas às relações onde o bottom recebe a nomenclatura “escravo” e que não podem ser retiradas. São presas com um cadeado ou tranca e só poderão ser removidas pelo Top. Quando - ou se - ocorrer o término da relação, a coleira será cortada ou quebrada como símbolo da libertação do escravo. 
Tradicionalmente a coleira de propriedade se apresenta em couro preto ou metal com detalhes em bronze, geralmente é usada com uma trava ou cadeado ficando com o TOP o mecanismo para soltá-la.

Coleiras “extras”:

- Coleira de sessão/cena
São coleiras usadas durante uma sessão. Tem o objetivo de representar a todos que a cena teve inicio e que um “modo D/s” está estabelecido naquele momento – mas não quando a coleira está ausente. Geralmente essas coleiras são simples, sendo apenas uma questão ritualística da sessão ou para aumentar o potencial de controle físico do Top sobre o bottom.

- Coleira de identidade
Alguns bottons optam por usar esse tipo de coleira mesmo sem ter um Top, ou seja, quando não estão numa relação (de proteção, treinamento, posse etc.). É usada, geralmente, em festas e eventos e tem como objetivo identificar o bottom como um bottom. Segundo a tradição essas coleiras são de fita preta ou de couro marrom.

- Coleira virtual
A coleira virtual é usada em redes sociais e chats e tem o objetivo de identificar no meio virtual o bottom encoleirado fazendo um paralelo com a coleira de propriedade. Ela é caracterizada pelo nick do bottom colocado entre chaves e as iniciais do Top à frente, por exemplo, a posse do “Senhor Dominador” teria como coleira virtual o nick “ {bottom}_SD ”.

Não importa qual o tipo ou modelo de coleira você tem, ou se é uma coleira litúrgica, tradicional ou não. Ela deve ser respeitada e honrada por todos e principalmente pelo bottom e pelo Top. Ela é uma conquista, um símbolo e principalmente um honra.

Beijinhos lettysub"



Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT