BREAKING

domingo, 20 de novembro de 2016

Romance em 3D _ My All - Capítulo 21

_Eu vou ficar.
_Vai escolher ficar com um desconhecido?
_Desconhecido Emmet? Você vem me falar de desconhecido? Fiquei casada com você oito anos e não o conheço, ele tem mais consideração por mim do que você. Se eu tivesse pedido que parasse de brigar não teria me atendido, você está me chantageando e me usando a troco do meu desespero. O desconhecido aqui é você. Não sei até onde vai a tua maldade e não quero descobrir.

_Você vai se arrepender Perla.
_Já estou arrependida de ter te amado, de ter me casado com você de ter te dedicado anos da minha vida.
_Ok. Isso acaba aqui, esquece nosso acordo, esquece o que você tanto quer. Fica com esse otário. Vocês se merecem. Vamos ver até quando ele vai te aturar. Já se olhou no espelho? Você não tem atrativo nenhum para agradar um homem. É feia, sem graça, está me fazendo um favor será um alivio não ter mais que olhar na sua cara.
_Procure uma modelo Emmet e me deixa em paz, a minha beleza não a vejo olhando no espelho ela está na minha alma e no meu coração coisas que você e seu lindo rosto nunca saberão o que é. Espero que um dia você mude ou será sempre infeliz.
_Infeliz? Hahahaha  Acha mesmo que sou infeliz? Você é ridícula.
_Um dia você vai entender que tem certas coisas que o dinheiro não compra que as pessoas não são objetos, que foram feitas para serem amadas, respeitadas e não usadas e jogadas de lado quando não te interessam mais. Vá embora e seja feliz se a tua consciência permitir.
_Sim eu vou embora e não quero nunca mais olhar pra sua cara. E vou feliz por saber que você nunca vai ter o que quer.

Rafa observa tudo intrigado.
“O que ela tanto quer que se sujeitou a esse cara sem noção?”

_ E Você otário conversamos depois. Isso não acabou aqui.

_Estou muito preocupado com isso. Não vou conseguir dormir essa noite de medo. Babaca.

Emmet sai e Perla desaba em prantos. Rafa fica desconcertado com a situação.

_Ei está tudo bem agora. Tranquila...

_Não, não está tudo bem. Você não entende.
_Vou entender a hora que você me explicar. (Rafa fala calmamente)

_O que te prende a ele? Você não tem para onde ir é isso? Depende dele financeiramente?

_Não me sujeitaria a isso por dinheiro e conforto. Posso trabalhar se for preciso.
_Então o que é? Confia em mim Perla.  Você saiu lá de casa sem falar comigo porque viu as armas e se assustou? Está com medo de mim?
_Sim eu vi as armas e tive medo.

_Foi o que imaginei. Não tenha medo, não sou um bandido ou seja lá o que foi que passou pela sua cabeça.
_Porque todas aquelas armas?
_Sou um policial e as armas me fascinam por isso as coleciono. Tenho permissão para tê-las são todas registradas e licenciadas, tudo legalizado, posso provar.

_Fui uma tola, me desculpa.
_Não foi tola, foi prudente, você não tinha como saber.
_Obrigada por vir.
_Precisamos conversar com calma, vou te esperar na minha casa hoje à noite. Agora não estamos em condições, você precisa descansar.

Perla fica comovida com a consideração e respeito que Rafa tem por ela. Despedem-se com um beijo antes dele voltar para casa e tentar entender o que está passando em sua cabeça e principalmente em seu coração.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT