BREAKING

domingo, 24 de julho de 2016

Romance em 3D - My All - Capítulo 4

_Meu Deus que dor. Alguém me ajuda?

“O mar! Eu vejo o mar... Estou com frio... Não consigo me mexer. “
 _Alguém me ajude, por favor.

“Onde o Rafa se meteu? Não atende o celular e não volta pra casa. Porque estava tão estranho? Nunca o vi assim. Que Deus o proteja.”

_Conseguiram avisar a família?
_Sim doutora, falei com o irmão dele. É Médico e está a caminho do hospital para auxiliar no atendimento.

_Precisamos ser rápidos. Parece-me que já está acidentando há algumas horas, pelos sintomas há  possibilidade  de hemorragia interna, preciso submete-lo a uma tomografia para ter certeza e se for para saber de onde procede.
_Realmente é uma possibilidade, ele estava imprensado embaixo da moto.

_Ele não me parece estar alcoolizado.
_A mim também não, mas só o exame de sangue poderá nos dar certeza.  Não me pareceu abuso de velocidade também pela forma que caiu, ele se direcionou a um barranco, poderia ter sido bem pior.
_Talvez tenha sido jogado da estrada por outro motorista ou tentou desviar de algum animal.
_Ou teve um mal súbito, há tantas possibilidades.

Algumas horas depois...
“Coitado do meu irmão!”

_Bom dia doutor. Disseram-me que eu poderia  entrar.

_Bom dia. Você é?
_Valentina.
“A meia irmã do Rafa. Nossa como é linda!”
_Eu sou Miguel irmão do Rafa ele sempre me falou muito de você.

_Como ele está? O que aconteceu?
_O estado dele é regular. Não corre risco de morte. Teve uma luxação na perna direita na hora da queda devido ao peso do corpo e da moto. Teve um pequeno corte na perna esquerda. O lado esquerdo foi o que sofreu o maior impacto ele ficou preso embaixo da moto, têm duas costelas quebradas que felizmente não perfurou nenhum órgão vital. Não teve hemorragia interna como a equipe de resgate suspeitou no inicio do atendimento. Sofreu  um forte impacto na cabeça por isso o rosto está muito roxo e inchado. Não sabemos ao certo quanto tempo ficou sem atendimento, mas estimamos  algo em torno de duas horas ou mais. O capacete salvou a vida dele, se não o estivesse usando há essa hora estaria morto.
_Ele sempre foi tão prudente no transito. O que aconteceu você sabe?
_A principio suspeitamos que estivesse embriagado. Mas o exame descartou a possibilidade ele não tinha nem 1 % de álcool no sangue. É tudo o que eu sei, ele não quis falar comigo.

2 comentários :

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT