BREAKING

domingo, 17 de abril de 2016

Romance em 3D - Valentina - Capítulo 15

“Não estou apaixonado. Claro que não! É normal me sentir atraído por ela, é linda e eu fiquei trancado por cinco anos sem contato intimo. E agora dormimos abraçados, e essa proximidade  me deixou confuso.”

 “Não posso mais ficar trancado aqui com ela, brincando de casinha. É hora de encarar a realidade, recuperar o tempo perdido e fazer Soraya pagar por todo mal que ela fez. Sei os números dos meus cartões, dos meus documentos e as senhas das minhas contas bancarias. Não acredito que terei dificuldades para sacar dinheiro e refazer meus documentos, pelo que vi na internet modernizam tudo e com a digitalização das impressões digitais será muito mais fácil. Parece um milagre que meu cérebro continue funcionando tão bem depois de tudo o que passei. Não sei como não enlouqueci de verdade.”

“Preciso melhorar minha aparência e vou começar por essa barba.”

Algumas horas depois...
“Yoan sumiu. Será que foi embora? Ele deixou bem claro que não queria que eu o tocasse e eu o obriguei a passar a noite comigo. Comportei-me de uma forma tão infantil.  Fiquei muito abalada depois das revelações do Rafa, foi como reviver aqueles dias terríveis  e quando cheguei a casa ele foi tão carinhoso comigo...  Dormi tão bem em seus braços.”

_Por que você me enganou? Me fez acreditar que queria me ajudar? Você não deveria ser uma agente brincando de enfermeira, deveria ser uma atriz.

_Do que você esta falando?
_Dos vidros de calmante injetáveis e das seringas que eu achei no armário do banheiro na hora que fui procurar lamina para barbear.

_Eu posso explicar.
_É claro que pode. Com outra desculpa esfarrapada, até quando vai ficar fazendo esse jogo?

_Olha aqui seu babaca mimadinho, eu tive ontem um dia de cão. Tive que usar condução publica você sabe o que viajar em ônibus lotado? Não. Não sabe! Está na sua cara que nunca entrou em um. Pois é, foram dois ônibus, senti muito frio e tudo isso para entregar o carro que peguei emprestado para te livrar da Soraya. Descubro que meu amigo foi sequestrado e torturado. Que o meu namorado foi assassinado pela mesma pessoa que sequestrou esse meu amigo e tudo isso foi feito por ninguém menos que o cara que me chutou do meu trabalho, o meu ex-chefe. Quer saber? Vai à merda! Pense o que quiser.

_Espera.

_Desculpe-me, estou meio paranoico com essa história da Soraya.
_Eu trouxe os medicamentos para o caso de você necessitar, não sabia como você ia reagir se ia ficar violento.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT